sábado, julho 18, 2015

Derrota mas boa imagem (1-3)



O Vitória foi derrotado na apresentação do Fenerbahce aos seus associados por 3-1 mas ainda assim acabou por deixar uma imagem positiva em Istambul. Perante uma equipa que apresenta argumentos completamente diferentes, os vitorianos até começaram o jogo com bons pormenores e confiantes no terreno de jogo. Contudo, os erros defensivos e também alguma falta de agressividade na recuperação da bola, levaram a que os turcos chegassem ao golo e dificultassem mais a exibição do Vitória. Primeiro numa falha de marcação da defensiva do Vitória e depois numa grande penalidade cometida por Arrondel.

Também do ponto de vista atacante faltou profundidade e voltou também a ficar evidente que o plantel necessita de um homem-golo que dê outro tipo de soluções ao treinador Armando Evangelista. Relativamente a reforços, apenas Santiago Montoya teve oportunidade de começar como titular, tendo deixado boas indicações. A sua capacidade técnica é a sua principal arma, mas terá naturalmente de ganhar intensidade de jogo, para se adaptar ao futebol europeu.

Notas positivas para dois jogadores. Douglas e Bernard foram os melhores do Vitória na Turquia. O primeiro pela forma como durante a primeira parte evitou que o Fenerbahce aumentasse o "score" e o segundo porque foi o único capaz de "esticar" o jogo e desequilibrar perante uma equipa que foi sempre muita dura na forma como jogou.

De resto, é evidente que há ainda muito para evoluir e para crescer e é precisamente para isso que servem estes jogos. E, encontrar um clube com o poderio dos turcos também serve para colocar a nu as fragilidades da equipa e levar às correcções necessárias. Para além disso, é evidente que os jogadores que ficaram em Guimarães, como Bruno Gaspar, Josué, Otávio, Licá e Tozé, darão outra qualidade à equipa vitoriana para os jogos oficiais.

0 Comentários: